side-area-logo

Mudanças na emissão de visto para programa Pathway canadense

A IRCC (Immigration Refugees and Citizenchip Canada) informou hoje, através do seu website oficial, que a partir de agora mudam as regras de visto para quem pretende fazer um programa “Pathway” no país.

De hoje em diante, quem deseja iniciar um estudo de idiomas (inglês e/ou francês) com intenção de fazer um college ou universidade em seguida, terá o visto emitido apenas para o período de estudo de idioma. Essa nova regra diz respeito apenas aos casos em que a melhora no nível do idioma for um requisito para o ingresso no college/university. Os estudantes que já possuem a matricula no curso superior poderão manter os planos de solicitação como antes, apresentando as duas cartas juntas e obtendo o visto pelo prazo total dos dois cursos pretendidos.

Após o término do curso de idiomas (é importante calcular o tempo necessário de antecedência para emissão do visto de Estudante), caso o estudante tenha alcançado o nível de inglês ou francês exigido, ele deverá aplicar para uma extensão do visto Study Permit, ou para uma mudança de status caso ele tenha ido com um TRV para estudos curtos (por menos de 6 meses). Ambas as opções de solicitação poderão ser solicitadas com o estudante em solo Canadense, entretanto não deixam de ser processos de solicitação de visto comum, sujeitos à aprovação, ou negação do visto.

Ainda assim, é importante apresentar na primeira aplicação, as duas cartas de estudos pretendidos, independente de ter cumprido ou nao o pré requisito do idioma para o ínicio das aulas no College.

Antes a prática comum nesses casos era a imigração emitir um visto com a duração total dos dois, ou mais, programas de estudos, mais 90 dias de férias. O visto era emitido com o nome da instituição de ensino superior (College ou University) designada, e não do curso de inglês inicial.

 

Resumindo, agora será necessário tirar um visto que valerá apenas para o período de estudo de idiomas, e lá no Canadá, caso o curso tenha sido concluído com sucesso, será necessário submeter um novo pedido, de extensão ou mudança de status, e aguardar a aprovação, para poder continuar os estudos no college ou universidade.

Além disso, a imigração conseguirá garantir que as permissões de trabalho sejam emitidas apenas quando o estudante já estiver no college, enquanto antes alguns enganos originados pelo nome da instituição impresso no visto, levavam os oficiais de imigração a conceder permissões de trabalho a estudantes que ainda estavam estudando idiomas.

 

A emissão de vistos para o programa “Pathway”, para dois programas distintos, estava impactando a avaliação de relatórios de auditoria do IRCC, pois as permissões de estudo eram emitidas com o nome da segunda instituição designada, e esta recebia os pedidos de relatórios sobre os alunos matriculados, mesmo que a aceitação estivesse condicionada à conclusão bem-sucedida de seu primeiro programa de estudo em outra instituição.

Uma preocupação que foi levantada pelos oficiais de imigração é que o aluno poderia não concluir com êxito o seu programa de idioma, mas continuaria a possuir uma autorização de trabalho válida já que o visto era emitido como com os dados do estudo superior e os oficiais emitiam a permissão de trabalho mesmo durante os estudos de idioma.

Além disso, o cônjuge e os dependentes de estudantes recebem permissões condicionadas ao tipo de estudo do solicitante de visto principal. Uma vez que o estudante de idiomas, seu cônjuge e seus dependentes têm permissões diferentes das dos estudantes de curso superior (e seus cônjuges e dependentes), esse novo formato vai facilitar o trabalho de emitir as permissões corretas a cada grupo de solicitantes.

De acordo com o governo canadense, a emissão de um study permit ou TRV SX-1 (visto para estudos curtos) para o primeiro programa de idiomas apenas, vai garantir que os relatórios sobre os alunos sejam enviados para a instituição de ensino correta, e os estudantes não serão afetados negativamente. Uma vez que o programa inicial tenha sido concluído, o aluno poderá solicitar um novo visto de estudante e demonstrar que os requisitos do primeiro programa foram cumpridos.

É importante ressaltar que essa medida será ministrada apenas as novas aplicações. As que já estão em andamento não serão impactadas com as novas regras.

Se precisar de mais ajuda em relação aos vistos, a Visa Factory pode te ajudar, nós somos uma assessoria diferenciada, confira: http://visafactory.com.br/diferenciais/

Publicado em 14/07/2016.

 

 

 

 

 

 

 

Recommend
Share
Tagged in
There are 2 comments on this post
  1. 18 de fevereiro de 2017

    Great article.

  2. 28 de fevereiro de 2017

    Great goods from you, man. I have understand your stuff previous to
    and you are just extremely great. I actually like
    what you have acquired here, really like what you are saying and the
    way in which you say it. You make it entertaining and you still take care of to keep
    it sensible. I can not wait to read far more from you.
    This is really a wonderful website.

Leave a reply